sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008



Pela primeira vez deitamo-nos zangados. Quando cheguei à cama já tu dormias, e não consegui conter a raiva e chorei. Como é que algo que me atormenta tanto parece não te incomodar minimamente?!

Adormeci com o meu choro e lembro-me com o que sonhei. A nossa casa a desmoronar. A ficar inclinada como se fosse ser engolida pelo chão, as paredes a rachar. Eu cheia de medo, aflita por nós, pelo nosso filho e tu impávido e sereno, como se nada fosse.

Acho que a mensagem é clara.

Será que consegues ver a "bigger picture" ou sou eu que vejo demais?!

De qualquer forma a inércia foi sempre algo que eu despresei!

1 comentário:

Pedro disse...

Eu não fico Impavido e sereno.
Custou-me imenso ir para a cama sem ti e chateado ctg.
Embora penses que não eu preocupo-me convosco e com a vossa saúde.
Não faria nada para vos magoar.
Tudo bem, posso não andar tao devagar como tu. mas estou sempre consciente do que estou a fazer.

Vcs são a coisa mais preciosa que ha na minha vida. Amo-vos muito.

Ainda assim eu vou tentar ter mais cuidado com a condução
Prometo.

Seguidores

Links

Lau Mooninha. Get yours at bighugelabs.com/flickr